Você está aqui: Home \ Comunicação \ Artigos \ Coaching de atleta: o diferencial competitivo na carreira

Coaching de atleta: o diferencial competitivo na carreira

Hoje, mais do que nunca, o esporte é visto como parte fundamental para a construção de uma vida saudável e equilibrada. Não importa se é uma simples caminhada matinal, natação ou um esporte coletivo. Colocar o corpo para se mexer traz inúmeros benefícios. Está de mal humor, sono constante e falta de vitalidade? Que tal suar um pouquinho?

Mas e quando o esporte deixa de ser apenas uma busca por uma melhor qualidade de vida e passa a ser a profissão e ganha pão? Será que basta levantar logo de manhã, vestir seu short ou agasalho de treino e ir em frente? O que diferencia um atleta com altas pretensões e os amadores?

Com tantas mídias a nos trazerem toda sorte de informações, ficar sabendo das novidades que ocorrem no mundo não é das tarefas mais difíceis. Basta um jogador de futebol se machucar ou se envolver em um escândalo, por exemplo, para que todos tomem conhecimento minutos depois. A pressão, dentro e fora dos campos, pistas, quadras e afins, é sempre um fator complicador na vida dos grandes atletas. As tentações são muitas, as ofertas variadas e os caminhos tortuosos. O mesmo acontece durante o jogo/competição. Na hora H a pressão aumenta e muitos se perdem em meio a tantas vozes, interna e externas. Gols, recordes, vitórias e ultrapassagens passam a ser objetos do desejo. Se atingirmos as expectativas, dos outros e as nossas, ótimo. Ficaremos felizes, inflados e orgulhosos. Mas quando os resultados não aparecem as coisas ganham ares de filme de terror.

Muitos jogadores de futebol afirmam em suas entrevistas, na tentativa de justificarem qualquer má resultado, que não são máquinas, mas seres humanos. Sim, qual a novidade nisso, não é? Mas o que será que eles estão dizendo com isso? Se não são máquinas, são dotados de vontade própria, desejos e muitas emoções. Se chateiam, se preocupam, sonham, sentem medo, raiva, ansiedade, felicidade e dor. Tudo isso e muito mais. O trabalho do esportista é usar o próprio corpo no limite.

Buscar a alta performance é um desafio. Hoje em dia sabemos que um corpo bem treinado, musculoso, elástico e resistente não é mais o suficiente. Em tempos de altas tecnologias e suporte ao atleta, todos estão próximos da perfeição. Claro, alguns se destacam por terem talentos especiais, mas em termos de condicionamento físico todos estão equiparados. Sendo assim, o que será que pode ser usado como diferencial competitivo e que faça a carreira do atleta deslanchar e ganhar novas perspectivas?

O Coaching de Atletas, já bastante difundido no exterior, surge como um aliado daqueles que buscam se superar e melhorar suas marcas. Trata-se de um suporte, um acompanhamento nas várias etapas da carreira. Entender como a mente funciona, quais os entraves, preocupações e distrações estão havendo e onde estão as maiores alegrias, ambições e foco são fatores primordiais no desenho de uma carreira sólida e vitoriosa.

Guilherme Berlinck - coach

Conecte-se conosco

Inscreva-se para receber nossa newsletter

Twitter

estacaorh The 50 Best Places to Work in 2016 lnkd.in/e7J43c2 fb.me/1j42jZN2N

21 horas atrás

estacaorh Como a NEUROCIÊNCIAS e a PNL podem impulsionar suas realizações. lnkd.in/dca3QiP fb.me/4ENZOIzzm

2 dias atrás

estacaorh Como a Danone levou seus iogurtes da gôndola para as ruas lnkd.in/e6-24gs fb.me/77i2KgOtI

2 dias atrás

Sobre Nós

Trabalhamos com desenvolvimento do potencial humano, utilizando coaching e mentoring, a fim de que os resultados almejados por nossos clientes sejam alcançados.

Quem está online

Temos 195 visitantes e Nenhum membro online